Buscar
  • Raquel Rocha

Cartas da vida | Carta 1



Toda época que aniversariamos a gente fica mais emocionado, mais sensível, mais reflexivo. Sou assim e conheço muitas pessoas que são assim também. Porque esta data faz a gente rever nossa vida, tanto as lutas quanto as vitórias que experimentamos. Esse aniversário é muito especial para mim e não é porque simboliza a data em que nasci, mas a que me fez renascer para a vida, apesar do aniversário der dessa grande amiga que vou apresentar.

Muitas coisas vem em minha cabeça para falar dessa grande amiga que a vida me fez conhecer. Uma amiga de coração grande, voltado para aqueles que mais precisam. Essa grande amiga, como o próprio nome já diz, é a Casa da Vida. Um lugar que veio para realmente dar vida à vida das pessoas que por aqui passam. E, posso dizer isso de coração aberto porque eu sou prova viva do que se pode experimentar neste lugar abençoado por Deus.

Vivi um momento muito difícil em minha. Passei por caminhos que estavam me levando para o total caos. Vivia longe de mim mesmo por causa do alcoolismo. Andava sem perspectiva nenhuma. Cada dia morria um pouco mais de mim. Se não bastasse essa dor em mim, vi minha esposa adoecendo de câncer e tudo só piorava. A minha doença acabava contaminando meu relacionamento com minha família. Tudo de mais precioso que eu ainda tinha. Desacreditei de mim. Sabia que ninguém me creditava nenhuma credibilidade para confiar nenhuma responsabilidade. Isso me afundava mais ainda, porque sempre admiti que um homem precisa de algo para se aprumar. Só que isso parecia mais distante cada dia que amanhecia.

Sei que Deus conhece as nossas fraquezas e tem misericórdia de nós e, por isso, na hora Dele Ele usa alguns instrumentos aqui na terra que nos faz mudar o curso de nossas vidas. Sei que o que sou e vivo hoje é fruto de orações de minha esposa e de minhas filhas e talvez de outras pessoas também. O preço que elas pagaram, com choro e súplicas diante de Deus, fez com que Ele me conduzisse a algo que pudesse me encaminhar para perto Dele. E, por isso, falei do instrumento que Deus usa.

Em meio à tanta turbulência Deus me fez conhecer a Casa da Vida. Primeiro, um amigo me indicou o lugar para eu me ocupar ajudando o lugar e eu pude sentir que ainda era capaz de fazer alguma coisa por alguém mesmo não me sentindo bem comigo mesmo. Mas, a grande obra que Deus fez foi esta: descobrir que é na fraqueza que nos tornamos mais fortes. Pensei que estava ali naquele lugar para ajudar, mas, na verdade, eu estava ali para ser ajudado e acolhido. A Casa da Vida não podia mesmo ter outro nome. Quem entra neste lugar entra para conhecer o bem, viver o bem e provar dos milagres de Deus. Não tenho como deixar de testemunhar tamanha bênção recebida neste lugar.

E como não podia ser diferente, quero deixar aqui expressado toda minha gratidão a esta grande amiga que Deus me deu. Que Ele sustente cada um que serve este lugar. Que Deus visite cada vida que entrar aqui. E que a Casa da Vida seja sempre este lugar abençoador. Parabéns, Casa da Vida! Roque Cícero

0 visualização

(77) 3424-2481

©2020 por Casa da Vida. Orgulhosamente criado com Wix.com